"O que aqui fazemos é muito antigo, vem de muito longe e vai para muito longe."
previous arrow
next arrow
Slider

Cursos de Especialização em Osteopatia Clássica

Segundo os Princípios e os Conceitos dos seus Fundadores
A.T. Still e M. Littlejohn
e desenvolvidos entre outros por
John Wernham
Contamos com um Corpo Docente Experiente e Internacional
Incluímos nos cursos um Estágio Clínico Integrado de 3 meses
Subsidiamos 2 Bolsas de Estudo aos dois alunos finalistas com melhor aproveitamento
Todos os alunos finalistas obterão a possibilidade de frequentarem o Curso de Dissecação Cadavérica no EFEAC Paris (França)

Estágio Clínico Integrado

O Curso de Especialização em Osteopatia Clássica possui um estágio clínico integrado por um período de 3 meses na clínica do IPOC sob coordenação e supervisão de tutores qualificados e experientes.

Dissecação Cadavérica

Ao abrigo do acordo entre o IPOC & EFEAC todos os alunos finalistas do curso de especialização podem frequentar o curso de dissecação cadavérica na Faculdade de Medicina René Descarte (Paris – França)

Docentes

O IPOC dispõe de um corpo docente internacional e experiente formado nas mais prestigiadas faculdades Internacionais de medicina osteopática.

Repositório

A neuroplasticidade em dor crónica

A visão osteopática da dor como doença constitucional

A dor é um fenómeno multidimensional desagradável com uma componente neuronal ou fisiológica, que é consequência de doenças ou distúrbios de estruturas regionais por disfunção do sistema nervoso. Decorre da ativação dos nocicetores e quando resulta de uma disfunção do SNC ou SNP, é designada por dor neuropática, nos casos de lesão do SNC, por dor central.

Estudo de Caso

O contributo da Osteopatia Clássica numa criança com PHDA

A perturbação de défice de atenção/hiperatividade (PHDA), é uma perturbação do neurodesenvolvimento de elevada prevalência, constituindo o principal motivo de referenciação a consultas de neurodesenvolvimento ou de saúde mental infantil e juvenil. Na visão da Osteopatia, autores afirmam que o tratamento osteopático de todo o corpo influencia positivamente os problemas de aprendizagem. Embora o mecanismo de acção não seja totalmente compreendido, constata-se que o tratamento osteopático manual acalma a excitabilidade neurológica.

Estudo de Caso

Influência do ajuste do corpo numa paciente com escoliose

Numa sociedade cada vez mais tecnológica e com acesso facilitado à informação verifica-se um aumento de disfunções músculo-esqueléticas relacionadas com maus hábitos gerais. A escoliose pode ser uma destas consequências, assim como muitas outras patologias. Desta forma, procura-se averiguar os resultados da Osteopatia através do ajuste do corpo numa paciente sem melhorias significativas anteriores após experienciar outras abordagens terapêuticas.

Voltar ao topo